sábado, 29 de dezembro de 2012

Com a idade vem a sabedoria!

 
 
Eu tenho 75 anos e gosto de pescar. Eu estava sentado em uma doca no outro dia, quando eu ouvi uma voz dizer:
-"Pegue-me."
Olhei em volta e não vi ninguém.
Eu achava que estava sonhando quando
eu ouvi a voz dizer novamente:
-"Pegue-me".
Eu olhei para a água e lá, flutuando, era uma rã.

Eu disse:
-"Você está falando comigo? "
A rã respondeu:
-Sim, eu estou falando com você. Pegue-me, em seguida, me beije e eu vou me transformar na mulher jovem e a mais bonita que você já viu.
Eu tenho certeza de que todos os seus amigos
ficarão com inveja porque eu vou ser sua amante. "
Eu olhei para rã por um tempo curto,
estendí a mão, peguei-a com cuidado, e coloquei-a no bolso da frente.
A rã me disse:
-"O que, você está louco? Você não ouviu o que eu disse?
Eu disse para me beijar e eu vou ser sua amante."
Naquele momento eu abri meu bolso, olhei para rã e disse:
-"Não, na minha idade, eu prefiro ter uma rã falante."
 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Corno milionário.


Aquele milionário dava uma festa na sua mansão.
A certa altura, ele começou a reparar que um jovem convidado lhe lembrava muito alguém.
Depois de muito pensar, finalmente um dos seus filhos passou perto do convidado e o homem percebeu que os dois eram extremamente parecidos.
Pensando não ser possível tal semelhança sem que houvesse um laço de sangue, o ricaço vai falar com o convidado e pergunta:
- Diga-me uma coisa? Por acaso, sua mãe já foi
empregada nesta casa, não foi?
- Não, senhor, minha mãe não!!! Mas meu pai foi jardineiro aqui por mais de 10 anos!!!!


 

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Diálogo de português.

Um jovem diplomata português, em diálogo com um colega mais velho:
- Francamente, senhor embaixador, devo confessar que não percebo o que correu mal na nossa história.
Como é possível que nós, um povo que descende das gerações de portugueses que "deram novos mundos ao mundo", que criaram o Brasil, que viajaram pela África e pela Índia, que foram até ao Japão e a lugares bem mais longínquos, que deixaram uma língua e traços de cultura que ainda hoje sobrevivem e são lembrados com admiração, como é possível que hoje sejamos o mais pobre país da Europa ocidental?
O embaixador sorriu:
- Meu caro, você está muito enganado. Nós não descendemos dessa gente aventureira, que teve a audácia e a coragem de partir pelo mundo, nas caravelas, que fez uma obra notável, de rasgo e ambição.
- Não descendemos? - reagiu, perplexo, o jovem diplomata - Então de quem descendemos nós?
- Nós descendemos dos que ficaram aqui...

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Pechincha.

Em crise, Portugal tem ilha à venda e dono quer imóvel no Brasil em troca. Ilha de 540 hectares tem pistas de pouso e praias particulares.
Crise em Portugal fez preço dos imóveis cair 8% em um ano.

 
Casa construída na ilha de Monte Farinha, anunciada em jornal brasileiro. (Foto: Divulgação/Céu Vieira/Camin)
Morando a maior parte do ano no Ceará, o português Manoel Cascão quer vender sua ilha de 8 milhões de euros, no norte do país, e aceita imóveis no Brasil como parte do pagamento. “Aceitando receber 60% em imóveis do Brasil, é muito bom negócio e está muito abaixo do preço de mercado. Com certeza não existe terreno no Brasil a R$ 4 o m²”, disse ele ao G1, dividindo o valor pelos 540 hectares.
Uma das poucas ilhas particulares de Portugal, segundo ele, a Monte Farinha tem praias particulares, duas pistas para pouso de aeronaves, a casa em que ele passava os verões e as de apoio, ancoradouros para iates e está a 500m de uma base aérea mista, civil e militar, onde é possível pousar, por exemplo, com um jato particular vindo do Brasil.
Uma das praias particulares da ilha de Monte Farinha, na região norte de Portugal. (Foto: Divulgação/Céu Vieira)
Uma das praias particulares da ilha de Monte Farinha, no norte de Portugal.
(Foto: Divulgação/Céu Vieira)
A ilha é considerada “única” em Portugal porque, segundo Manuel, o país tem poucas ilhas e a maior parte pertence ao governo. “Entre as privadas é das únicas”, diz. Dono da ilha há dois anos, Manoel usava o local apenas nas primaveras e verões.
Para vender o imóvel, ele escolheu o Brasil, com uma publicidade de meia página em um jornal. A propaganda e a oferta estão dando resultado. “Tenho contatos com bastante interesse, vindo do Brasil para ver a ilha. Está a um preço e condições muito atrativas para investidores”, conta.
Mesmo confiante de que vai vender o imóvel, ele diz que volta a anunciar se não fizer negócio até o carnaval. O preço baixo, na opinião de Manoel, torna o negócio atrativo no médio prazo, “assim que o mercado português voltar a aquecer, em cerca de cinco anos”. Para ele, a crise vivida atualmente pelo mercado imobiliário português é algo normal, um ciclo que ele já viu passar três vezes no país, nos 30 anos de mercado imobiliário.
O número de imóveis vendidos em Portugal está em queda praticamente ininterrupta desde 2005, segundo dados do ImoEconometrics, empresa de consultoria imobiliária especializada em finanças imobiliárias e estudos do mercado de habitação. A venda caiu de 110 mil para cerca de 90 mil, de 2011 para este ano. A queda nos preços ocorre desde o início de 2010 e chegaram a € 89 o m² no segundo trimestre deste ano, contra € 96 um ano antes, uma queda de 8%.
Mercado imobiliário
Investidor no mercado brasileiro e hoje morador do Ceará – a região brasileira mais próxima de Lisboa – durante a maior parte do ano, Cascão procura mais imóveis no Brasil, mesmo achando o mercado muito aquecido. “Os imóveis no país estão muito caros, os brasileiros estão indo depressa demais (com a valorização). Acham que podem comprar hoje por 50 e amanhã vender por 100”, avalia, com a experiência de 30 anos de mercado imobiliário.
Casa na ilha de Monte Farinha, anunciada em jornal
brasileiro. (Foto: Divulgação/Céu Vieira/Camin)
Manoel diz querer vender a ilha porque passa mais tempo do ano no Brasil do que em Portugal, além de ter muitos empreendimentos. “E também a vida não é só trabalhar, já cheguei a uma idade em que quero trabalhar menos e aproveitar mais a vida”, afirma ele, que tem 53 anos, sem mencionar a crise do mercado imobiliário português.
Ilha da burguesia
Pesquisando sobre a ilha, que fica em Aveiro, região norte do país conhecida como "Veneza portuguesa", Manoel encontrou um relato de uma “animada partida de Golfe” na Ilha de Monte Farinha em 1907. Participaram do jogo vários burgueses da região e proprietários da ilha, segundo ele. Um campo de golf é uma das estruturas que ele prevê que sejam feitas na ilha, tanto que estão no projeto imobiliário que encomendou para o loca. “É prova de que a história se repete”, diz.

*Simone CunhaDo G1, em São Paulo

Nada mudou!


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Marcos Valério, o menino mau comportado.


As alopradas


Duas pessoas que não valorizam a democracia e desconhecem qualquer que seja a metodologia de gerir e administrar a coisa pública. Dois exemplos de gente em quem não se deve votar, jamais.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O desacato.


O cara muito doidão saiu gritando pelas ruas:
- "Presidente filho da puta! "
- "Ô presidente filho da puta! "
- "Êta presidente filho de uma puuutaaa!! "
Um policial federal que ia passando pela rua agarrou o cara pelo braço.
- "Tá em cana. Ta preso malandro Tu vai ver o sol nascer quadrado. Desacato
à Autoridade ... "
O cara assustado diz:
- "Ué, por que tô em cana?"
O policial:
- "Tá chamando o presidente de filho da puta e não quer ser preso?"
O cara:
- "Eeepaah! pera aí. O presidente que to falando é o presidente do meu
time, o Curintia, aquele safado ".
O policial:
- "Não vem querer disfarçar, não. Presidente filho da puta só tem um."

Sob ataque de nervos.


Madame pidona


MADAME PIDONA
(Miguezim de Princeza)
I
Que madame mais pidona:
Pedia sapato e bebida,
Brinco, anel e trancilim,
Colírio e furosemida,
Pedia até cirurgia
Pra enfeitar a “perseguida”.
II
No dia que ia almoçar
No rodízio de espeto,
Comia picanha, javali,
Coelho, sushi e galeto,
Depois indicava o besta
Para pagar o boleto.
III
Chefiando o gabinete
Da ilustre presidente,
Madame não se cansava
De tanto pedir presente
E, quando via um pacote,
Ela arreganhava os dentes.
IV
No Air Force Fifty One,
Pra cima e pra baixo andava,
Curruchiando com os homens
A quem demais agradava,
Enchia a bolsa de tudo
E ninguém a revistava.
V
O segredo de agradar
Tanto senhor afamado
É que ela todo ano
Reunia o apurado
Para cuidar de um lugar
Por demais apreciado.
VI
Depois de tudo cuidado,
Botava pra derreter,
Fazia o maior salseiro
Na hora do vamos-ver,
Inda pedia ao freguês
Para dar o parecer.
VII
Tinha parecer de cem,
De trezentos e de 1 milhão.
Quando ela estava inspirada,
Deitava touro no chão
E elogiava o besta:
“Cabra do parecerzão!”
VIII
De tanto queimar em brasa,
Formaram uma comissão
Para diminuir um pouco
Toda aquela comichão:
Chamaram um homem das águas,
Outro da aviação.
IX
Para completar o time
Do ar, da água e do chão
E o parecer completo
Render uma boa comissão,
Chamaram um advogado
Que já tinha parte com o cão.
X
Madame era tão pidona
Que chegou a encomendar
A Miguezim de Princesa
Um verso a lhe elogiar,
Mas o poeta, cabreiro,
Respondeu-lhe bem ligeiro:
“Deus me livre de ir lá!”.

Ele não sabia...


terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Kit desgraça


Marido inconsciente.

Imagem clique dicas
A mulher terminou a sessão com o psicólogo que lhe diz:

-"Para a semana trabalharemos com o inconsciente".

Responde ela:
 
- "Não acredito que o meu marido queira vir"

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Enquanto isso no shopping...

 
Um casal foi às compras no shopping , quando de repente, a mulher percebeu que o marido tinha desaparecido.
Irada, ligou pro celular do marido e gritou:
-"Onde diabos você se meteu?" (típico de mulher irada)
-"Querida, lembra-se da joalheria onde você viu um anel cravejado de diamantes e se apaixonou por ele, e que eu não tinha dinheiro no momento e disse: ", um dia será seu"?
Um pouco envergonhada e com um sorriso de orelha a orelha, olhos brilhantes...ela respondeu:
-"Sim, meu amor. Claro que me lembro. "
-"Pois bem, eu estou no bar... ao lado daquela joalheria"!

quarta-feira, 28 de novembro de 2012