quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Molusco em fuga!


O molusco dançarino.

A dança da mentirinha

Na véspera de ser declarado réu na Lava Jato, na Vara do juiz Sérgio Moro – tudo o que ele não queria – Lula falou para os seus no elogio que nunca cansa, da obra inexcedível dos governos do PT, ao mesmo tempo em que lançou desafios de reação e resistência, contra a perseguição de que é vítima.
Não duvidem, em algum momento ele perguntará: como ousam duvidar de minha inocência, eu que tanto bem fiz a este País?